O marketing digital faz parte, ou pelo menos deveria fazer, da estratégia de todas as empresas que querem expandir os seus negócios. Hoje, com as pessoas cada vez mais conectadas e a internet alterando os comportamentos de compra de produtos e serviços, nenhuma corporação deve deixar de incluir essa modalidade em seu planejamento.

O marketing digital tem papel preponderante porque orienta e dá subsídios aos consumidores para a tomada de decisão: adquirir ou não determinado item de determinada marca. O segredo para as empresas terem sucesso com essa estratégia, que cresce mês a mês, é incorporá-la à própria estratégia de vendas, e assim fazer com que o marketing online seja o enfoque para o sucesso nas conversões.

Repense e refaça o seu planejamento

Dispense aquela abordagem invasiva por telefone, característica do marketing offline. Analise como anda a imagem do seu negócio nos canais digitais e, se possível, aumente ainda mais a presença nas plataformas corretas, onde seu target se encontra. Com base em conteúdo relevante, produzido por quem entende, promova o seu produto ou serviço por meio das mídias sociais, SMS e e-mail marketing, por exemplo.

Também verifique o engajamento de cada cliente dentro dessa estratégia de vendas. E não se esqueça da regra básica: relevância = receita. Pessoas irão se lembrar da sua marca na hora da compra se você (ou o seu conteúdo) fizer a diferença para elas.

Tenha estratégia para o e-mail marketing

Você não quer ser um spam, não é mesmo? É perfeitamente compreensível a necessidade de validar o investimento em marketing digital à chefia, mas também é fundamental que se dê tempo ao tempo. Principalmente porque se trata de um processo de construção, caso contrário, pode ter efeito negativo. No caso do e-mail marketing, a regra é a da sutileza.

No início, você deve oferecer facilmente a opção de cancelamento da inscrição. Pode até ser que se acumulem menos usuários em sua lista, mas os que ficam tendem a ser mais engajados e, principalmente, elevam as taxas de conversão. Também é fundamental usar mecanismos que meçam essa atividade do usuário: abertura, leitura ou exclusão imediata do e-mail, por exemplo. A análise dessas métricas serve para continuidade ou alteração da estratégia de vendas online.

Faça com que times de marketing e vendas conversem

De nada adianta a equipe de marketing entregar leads valiosíssimos a de vendas, se não houver sinergia entre os times. Em se tratando de marketing digital, esses dois profissionais devem mais do que nunca trabalhar o conjunto. Isso acontece porque os profissionais de marketing fizeram todo o trabalho inicial de amadurecer determinada pessoa para o momento da compra. Enquanto que o profissional de vendas deve continuar exatamente esse trabalho e arrematar a conversão.

Para isso, em empresas que estão iniciando a estratégia de vendas calcada em marketing digital, é imprescindível que os dois times comecem a trabalhar juntos e frequentem as mesmas reuniões. Afinal, ambos os times trabalham em torno de um único objetivo: converter.

Estratégia offline e online ainda devem estar integradas

Não é porque você está investindo em marketing digital que deve esquecer o mundo fora da internet. Você já deve ter conquistado clientes dessa forma e, agora, precisa mantê-los. O segredo do sucesso nesse contexto é fazer com que a estratégia de vendas offline converse com a estratégia de vendas online, que uma “puxe” a outra.

Um exemplo disso é chamar os seus consumidores offline para conhecerem seu site, blog e redes sociais. Eles podem descobrir um novo universo nesses canais, se você estiver produzindo conteúdo relevante e com potencial de engajamento. Pense nisso!

Qual é a sua opinião sobre vendas no marketing digital? Não deixe de compartilhar o seu relato conosco pelos comentários abaixo.

Receba uma avaliação completa de Marketing Digital e Vendas do seu negócio. Solicite Aqui!

análise-gratuita-de-marketing