Até pouco tempo, o marketing e as vendas caminhavam separados, embora estivessem focados num mesmo objetivo: ganhar mercado. A boa notícia é que, cada vez mais, estas duas áreas estão trabalhando unidas. No entanto, ainda há muitas empresas que não fazem esta junção. É sobre isso que vamos conversar neste artigo. Você verá como fazer planejamento de marketing digital integrado às vendas. Acompanhe!

Montando um planejamento de marketing digital e vendas

A seguir, veja algumas dicas de como unir marketing e vendas em um único planejamento:

1 – Estabeleça metas de vendas e defina como o marketing deve contribuir

O primeiro passo é unir o departamento de marketing ao comercial na hora de estabelecer as metas de vendas. Ao fazer a projeção de vendas e estabelecer prazos para atingir as metas, o departamento de marketing deve ter bem claro qual é a sua participação no planejamento.

O plano de ação deve ser dividido em curto, médio e longo prazo, com planos de ação para cada um destes períodos.

Leia também: Como fazer do marketing digital o ponto central da sua estratégia de vendas.

2 – Defina a verba, o orçamento

Outro passo importante é a definição do orçamento a ser utilizado durante o período planejado. Levantar todos os custos (canais, anúncios, produção e distribuição de conteúdo). A partir disso, também criar métricas, indicadores para a mensuração dos resultados esperados.

3 – Utilize os dados do comercial para que o marketing conheça o público-alvo

Um importante ponto de partida para o marketing é a definição do público-alvo. E nada melhor do que buscar informações que o departamento comercial tem sobre os clientes e prospects para criar o que chamamos de personas (arquétipos, representações semi fictícias do cliente alvo).

Se o comercial utiliza uma ferramenta de vendas, um CRM, por exemplo, estes dados podem ser encontrados de uma maneira mais fácil. Se não, a saída é que marketing e comercial sentem para conversar e definir claramente quem é o cliente que se quer atingir. Partir da carteira de clientes ativos é um bom começo. Também é importante definir quais são os eventuais novos perfis de clientes para o qual a empresa quer vender.

Tanto o pessoal de vendas, quanto de marketing, se beneficiam desta definição de público-alvo. O comercial tem melhor definido o perfil dos prospects a conquistar e o marketing sabe para quem direcionar suas ações de comunicação e propaganda, por exemplo.

4 – Estabeleça os canais

Depois de ter metas claras e personas bem definidas, é hora de planejar quais serão os canais que a empresa utilizará para chegar até seu público-alvo. É importante definir em quais redes sociais a marca estará presente, como devem ser blog e site corporativos, qual será o conteúdo entregue nestes canais, além, é claro de como se dará a interação com os potenciais clientes.

5 – Combine a forma com que os leads serão entregues ao comercial pelo marketing

Com a integração de marketing e comercial, os leads são atraídos e tratados já com um foco em vendas. É, portanto, importante que ambos os departamentos sejam conhecedores do funil de marketing e que fique bem claro em qual momento os leads serão entregues aos vendedores para uma atuação mais focada em fechamento de negócio.

Leia também: Como gerar leads qualificados prontos para conversar com o time comercial.

Logicamente, esta integração fica mais assertiva com a utilização de ferramentas de automação de marketing. Com um bom sistema automatizado, o passo a passo do funil fica desenhado e as ações passam a seguir um fluxo mais coordenado, um processo – que começa na atração e termina na conversão, passando pela qualificação e pelo relacionamento com o lead.

Como está a integração de marketing e vendas na sua empresa? Você precisa de ajuda para fazer isso? Faça contato conosco ou deixe um comentário!