Um estudo da Forrester apontou que o Brasil é o país líder na América Latina em comércio virtual. Atualmente o e-commerce brasileiro representa mais que o dobro das vendas da Argentina e do México juntos.

Isso mostra que os brasileiros já têm um lugar de respeito quando se trata de vendas online e, mesmo diante da crise que o país enfrenta há quase dois anos, seguimos crescendo. Há oportunidades tanto para o varejo quanto para o mercado B2B!

Pensando nisso, e de acordo com a série de artigos que já estamos publicando aqui no blog, resolvemos juntar uma série de dicas para empresas que querem explorar o mundo das vendas online do jeito certo. Acompanhe!

5 dicas para fazer vendas online e obter sucesso

1. Fortaleça a imagem da marca na internet

O primeiro passo, claro, como em tudo que está ligado às vendas e ao marketing digital, é fortalecer a imagem da marca na internet. Desde que o mundo é mundo, as pessoas só compram de quem elas confiam. Logo, ninguém vai clicar em “comprar” sem ter plena confiança de que estão lidando com uma empresa de confiança, que entrega produtos e/ou serviços de qualidade.

E o fortalecimento da imagem da marca na web perpassa os seguintes tópicos:

  • Conteúdo relevante e de qualidade;
  • Site, blog e loja virtual bonitos, funcionais e agradáveis;
  • Ofertas bem descritas e persuasivas (com benefícios comprováveis ao consumidor);
  • Bom ranqueamento nos mecanismos de busca;
  • Boa reputação em sites de reclamações como o Reclame Aqui, por exemplo.

2. Estruture campanhas de venda com começo, meio e fim

Lembre-se sempre que uma campanha de venda online requer cuidados muito diferentes daqueles que são tomados em uma campanha tradicional (offline). É importante planejar objetivos e métricas de mensuração de resultados, ter um plano de ação com táticas apoiadas em ferramentas de marketing digital e executar a campanha da forma mais otimizada possível.

— Aprofunde-se mais neste tópico lendo este artigo: Checklist: Como fazer uma campanha de vendas online

3. Capriche no atendimento aos clientes e prospects (antes, durante e depois da venda)

Como as pessoas irão avançar boa parte da jornada de compra de forma automatizada (sem contato humano), é muito importante que elas tenham ao alcance dos olhos todas as informações necessárias para sanar suas dúvidas.

Você pode trabalhar, por exemplo, com Faqs (páginas de perguntas frequentes), chat online, aplicativos de mensagens instantâneas como o WhatsApp etc. Se sua estratégia contempla também as redes sociais como o Facebook, não esqueça de caprichar na interação e ser rápido nas respostas aos comentários e contatos inbox.

E não abandone as pessoas que já compraram, pois ninguém gosta de ser abordado somente quando se quer vender. Continue entregando conteúdo para manter o relacionamento sempre vivo e lembrar que sua empresa está à disposição.

4. Faça bom uso do e-mail marketing

O e-mail marketing é extremamente importante em uma campanha de vendas online. Isso porque você pode usá-lo para ajudar seus leads a avançar dentro do funil de vendas, entregando periodicamente conteúdos que contenham informações relevantes acerca dos problemas que seus produtos e serviços ajudam a resolver.

Também é função do e-mail marketing lembrar as pessoas das ofertas que sua empresa tem para elas. Só tome o cuidado de não parecer insistente ou inconveniente — as pessoas podem marcar seus e-mails como spam caso se sintam agredidas. O ideal é levar o público-alvo até as landing pages de ofertas de uma maneira persuasiva sem perder a elegância.

— Leia também:

5. Busque apoio especializado

Se você está entrando agora no mundo das vendas online, o melhor conselho que podemos te dar é: firme parceria com uma agência especializada. Uma boa agência pode lhe ajudar a parametrizar e automatizar suas campanhas, desenhar uma estratégia calcada em metodologias como Inbound Marketing, Inbound Sales e outras.

Você gostou destas dicas? Quer ajuda para começar a vender online? Faça contato conosco, será um prazer ajudá-lo!