Sair de casa, enfrentar longas horas no trânsito caótico, procurar vaga para estacionar, andar muito pelo shopping para tentar encontrar o produto desejado. Este comportamento está cada dia mais “fora de moda”.  O processo de compra mudou e as estratégias tradicionais de exposição de produtos em vitrines de lojas e distribuição de panfletos de promoções não são mais funcionais. E a grande responsável por todas estas alterações é a internet.

A web mudou grande parte dos comportamentos por ampliar o acesso às informações, a novas culturas e tendências. As preferências do consumidor não são mais as mesmas, assim como os processos de decisão de compras. É impossível ver uma marca de sucesso que esteja fora da internet. Por isso, se você ainda não desenvolve ações neste sentido, precisa começar já! E que tal obter algumas dicas? Leia o que separamos pra você!

O processo de compra mudou. E agora?

Como se adaptar ao novo processo de compras com o marketing digital?

Desenvolva estratégias de Marketing Digital

Muito mais do que uma simples tendência, investir em estratégias de marketing digital é engrenar seu negócio em uma importante rede propulsora de vendas. São diversas ferramentas, cada uma com sua especificidade, com características exclusivas que permitem uma comunicação única para captar e reter clientes. Veja alguns campos que você deve trabalhar, de maneira profissional, para ampliar seus negócios:

Tenha um site funcional e de qualidade

Os sites costumam ser o primeiro local de contato virtual do potencial cliente com sua loja. Por isso, ele precisa ser funcional, de fácil navegação, com informações claras e precisas, e transmitir credibilidade. Por isso, informe sobre as áreas de atuação de sua empresa, produtos e serviços disponíveis, e deixe em local visível o endereço, telefone e e-mail de contato. Lembre-se que o número de acessos por meio de aparelhos móveis e tablets vem aumentando cada dia mais. Portanto, não se esqueça de adaptar o layout de sua página para este tipo de acesso.

Participe das redes sociais

As redes sociais têm mudado a maneira com que as pessoas se relacionam. Elas desejam cada vez mais interação por parte das marcas. Por isso, faça no Facebook uma fanpage para estar em contato com seus clientes de maneira gratuita. Você também pode investir em anúncios patrocinados para aumentar seu público de maneira segmentada. Já o Twitter possui uma linguagem mais dinâmica, com postagens de, no máximo, 140 caracteres. É bastante utilizado para divulgações rápidas e exige postagens constantes. Existem ainda o Linkedin, Google +, Instagram, dentre outras. Analise o perfil de seu público e participe das mesmas redes que ele.

Faça campanhas de e-mail marketing

Ações com e-mail marketing possuem uma particularidade interessante, já que, para enviar o conteúdo, você precisa ter a autorização do destinatário e o fornecimento do endereço de e-mail dele. Dessa forma a mensagem chegará direto a quem realmente possui interesse pelo assunto. Nada de comprar listas de contato. Conquiste seus clientes para que sua estratégia seja certeira!

Esteja atento à reputação de sua marca

O consumidor moderno não utiliza a internet somente para realizar as suas compras. Ele também a usa para pesquisar preços, produtos e serviços, e verificar o nível de satisfação de outros compradores. Por isso, você precisa ficar atento à reputação de sua empresa. O relacionamento com os clientes deve ser efetivo, pois gostando ou não, ele com certeza falará sobre a experiência que teve com sua marca. E a repercussão desta fala faz toda a diferença. Por isso, monitore, responda, resolva e agradeça.

As estratégias citadas são apenas algumas das que você pode utilizar neste novo momento em que se encontra o consumidor moderno. É importante que sua empresa tenha profissionais qualificados, não somente para desenvolver as estratégias, mas também para aplicá-las. Caso você não se sinta seguro para realizar todas elas sozinho, procure uma consultoria para implantar as ações em seu negócio. O que você não pode é deixar de se adaptar às novas tendências e deixar de faturar alto por isso!

Sua empresa já se adaptou ao novo processo de compras? Comente abaixo!