O Facebook é a maior rede social do mundo. Somente no Brasil, de acordo com informações da própria equipe de Mark Zuckerberg, mais de 76 milhões de usuários. Se é lá que as pessoas estão, é comum que os empreendedores se perguntem: como vender pelo Facebook? Há alguns segredos para obter esta resposta, e é sobre isso que conversaremos neste post. Você entenderá o que é o social commerce e como utilizá-lo no Facebook para potencializar suas vendas. Continue lendo!

O Facebook e o social commerce

Uma definição clara do que é social commerce é a seguinte: social commerce é o casamento entre mídias sociais e e-commerce, ou uma evolução de compras online onde os consumidores alimentam o funil de compra de sua marca.

Pense em quantas vezes você já comprou alguma coisa na Amazon ou em qualquer outra grande loja virtual depois de ter visto comentários positivos postados por completos estranhos. Ou seja, a descoberta e o consumo dos produtos e serviços por meio da interação com outros usuários da web cresce a cada dia e as empresas precisam aproveitar deste fenômeno comportamental.

Em um esforço para continuar a atingir os consumidores, os varejistas têm se voltado para mídias sociais para melhorar a experiência de compra. Alguns varejistas vão além, montando seus sites de e-commerce diretamente no Facebook para dar aos consumidores convenientes e relevantes experiências de compras.

5 dicas para vender pelo Facebook

1 – Marque presença no Facebook

O primeiro passo é ter um perfil bem feito, com informações bem atualizadas, conteúdo atraente e interação com os usuários em tempo hábil. Depois trabalhe para conseguir usuários engajados, promovendo o relacionamento com diálogo constante e oferta de conteúdo relevante.

2 – Adquira uma ferramenta de vendas no Facebook

Para organizar a logística de loja virtual no Facebook também é interessante adquirir um aplicativo especializado, que se integre ao perfil da empresa e organize a página. Uma boa dica é a ferramenta é o aplicativo ShopTab. Veja como a Veste Portugal, uma loja de roupas, utiliza o aplicativo, clicando aqui.

Uma alternativa nacional é a plataforma LikeStore, que permite a criação de lojas virtuais dentro do Facebook, onde é possível incluir produtos, calcular preços e organizar a loja de uma forma muito simples.

Em ambos os casos, o lojista paga uma comissão pelas vendas concluídas.

3 – Promova ofertas exclusivas

Para obter sucesso com as vendas no Facebook, é importante criar ofertas exclusivas para este canal. As pessoas devem perceber que comprar pela rede social é vantajoso para elas.

Ao mesmo tempo, também no perfil do Facebook você deve promover os demais produtos e serviços vendidos no e-commerce “tradicional”; no site da loja sua loja virtual.

4 – Invista no Facebook Ads

Cada vez mais, o alcance orgânico dos posts do Facebook está limitado. Para vencer esta barreira técnica, não tem jeito, é preciso investir em posts patrocinados e anúncios dentro da própria rede — eles podem ajudá-lo a alcançar o público que já é fã da marca e também pessoas que ainda não conhece. E o mais interessante é que você pode segmentar seus anúncios de acordo com a idade, o gênero, a localização geográfica etc. Tudo para falar diretamente ao público-alvo, e também para conseguir medir o alcance das ações e os resultados.

Isso pode ser feito durante o lançamento de produtos novos ou então para uma liquidação, por exemplo. O Facebook Ads pode ajudá-lo a aumentar as vendas durante um período de estagnação das vendas ou então alcançar novos consumidores entregando anúncios sob medida para cada perfil de público.

5 – Conte com a ajuda de profissionais

É preciso lembrar que a administração de uma loja virtual dentro do Facebook requer uma estratégia, que, por sua vez, requer o conhecimento do público-alvo, ações de relacionamento, produção e entrega de conteúdos relevantes, interação e promoção do engajamento. Além, é claro, da oferta de produtos que realmente sejam interessantes aos usuários.

Isso tudo pode ser conseguido com o auxílio de uma boa agência de marketing digital, que pode ajudá-lo a preparar o terreno para as vendas no Facebook, além de auxiliar na busca das melhores ferramentas e o direcionamento das ações.

Que tal? Sua empresa já está preparada para vender no Facebook? Tem mais alguma dúvida sobre este assunto? Deixe seu comentário!

análise-gratuita-de-marketing