• Saiba o que é conversão pra você: nem todo o site possui um botão “comprar agora” ou mesmo um formulário “quero ser contatado agora”. Muitas vezes uma primeira importante conversão pode ser o download de um material de apoio sobre o seu produto/serviço, ou mesmo a ligação recebida através de um número específico.

O importante aqui é definir até que ponto um visitante vindo do AdWords deve ir para ser considerado uma conversão. Lembre-se que por mais que a venda em si só aconteça depois de uma interação humana (ou várias automatizadas), é importante examinar a fonte de cada venda bem sucedida para decidir onde focar seus investimentos de aquisição de contatos.

  • Crie landing pages: levar tráfego para a página principal do seu site, apesar de comum, é um grande erro, já que normalmente ela não fala especificamente sobre um produto ou solução.

Por isso, a recomendação aqui é criar páginas focadas para cada produto/serviço, com um Call-to-Action (gatilho de conversão) também bastante específico – esses são dois fatores essenciais para aumentar a taxa de conversão.

  • Contrate um especialista: além dele conseguir te orientar em relação aos pontos anteriores, ele também consegue tomar conta do processo, economizando o seu tempo e observando os principais pontos para mudanças rápidas.

 

Para falar com um especialista que vai te ajudar a planejar e executar ações na internet que resultem em vendas, clique aqui!