Você ainda não se comunica com seu público-alvo por meio das redes sociais? Tudo bem, neste post vamos conversar sobre alguns motivos pelos quais você deve considerar uma estratégia de marketing nas redes e também alguns conselhos práticos para você começar.

O primeiro passo é entender a importância da mídia social na vida dos consumidores. Estima-se que existam no Brasil mais de 85 milhões de pessoas conectadas à web. Um grande percentual destes internautas estão interagindo em redes sociais como Facebook (mais de 61 milhões de usuários no país), Instagram, Google +, LinkedIn, entre outras.

Mas só o fato de as pessoas estarem nas redes sociais não é suficiente para que uma empresa comece a utilizar este meio para se comunicar. É preciso entender a relação que as pessoas têm com as marcas na mídia social. Portanto, comece entendendo que a relação dos consumidores com as empresas mudou muito nos últimos anos. Não basta apenas anunciar na televisão ou no rádio, é preciso criar relacionamentos; e é aí – no relacionamento – que as redes sociais se tornam excelentes ferramentas.

A possibilidade de obter novidades, conteúdo informativo e educativo, além de uma comunicação mais rápida com as marcas, está tornando os consumidores mais ativos. Eles agora querem mais do que um bom atendimento, eles querem recomendar e receber recomendações das pessoas com quem convivem para decidir pela compra e se manter fiel a uma marca.

Em quais redes sociais sua empresa deve estar?

Não há uma receita pronta. Algumas redes sociais funcionam para determinados tipos de empresas e outras não. A verdade é que depende do tipo de negócio e do tipo de experiência que cada rede oferece ao consumidor.

O Facebook, considerado a rede das redes, é um ambiente para interação com os amigos. Então, as empresas que oferecem um conteúdo mais voltado ao entretenimento, linkando os benefícios de seus produtos e serviços ao relacionamento tendem a obter mais sucesso. Já o LinkedIn, que é voltado para os relacionamentos profissionais, merece um cuidado mais especial no que diz respeito à evolução profissional das pessoas. As empresas mais bem-sucedidas no LinkedIn são aquelas que oferecem conteúdo voltado à carreira das pessoas.

O Instagram, voltado para a troca de imagens e pequenos textos, é uma excelente vitrine para as empresas que possam mostrar seus produtos e serviços por meio de fotografias e pequenos vídeos.

Gestão de redes sociais

É importante lembrar que as redes sociais são uma parcela do que os especialistas chamam de Marketing de Conteúdo – o conjunto de ações de comunicação via web para criar e manter a reputação corporativa através de conteúdo de valor. Ou seja, elas devem ser utilizadas para entregar ao público-alvo os materiais que a empresa produz (textos, vídeos, áudios, imagens etc).

A palavra de ordem nas redes sociais é engajamento. Ou seja, não basta estar presente, é preciso que a empresa encante o público para que ele interaja com a marca – recomende o conteúdo, compartilhe e reproduza para seu círculo de amizades.

As redes sociais também servem como um termômetro. Isso mesmo, um meio de mensurar a satisfação dos potenciais ou já conquistados clientes, e também para captar o interesse e descobrir insights para melhorar os produtos e serviços.

Outro ponto importante para uma empresa que deseja explorar o mundo das redes sociais a seu favor é considerar que elas são muito importantes no ranqueamento da marca nos buscadores. As empresas que melhor engajam o público nas redes sociais tendem a ter seu conteúdo mais visualizado e, por isso, estão sempre entre os primeiros resultados do Google, por exemplo. Imagine que você publicou em seu site um estudo de caso, em que um cliente conta os benefícios dos seus serviços. Quando este conteúdo é publicado nas redes sociais, mais pessoas passam a ter acesso a ele e tendem a compartilhar com mais e mais pessoas, formando assim uma rede de admiradores. Este engajamento, além de favorecer a reputação da sua empresa, também mostra ao Google que o seu conteúdo é relevante. Assim, quando uma pessoa procurar conteúdo relacionado ao seu negócio as chances das suas páginas estarem entre os primeiros resultados aumentam – e também aumentam as chances destas pessoas comprarem.

Por isso, é importante que redes sociais sejam tratadas como uma estratégia. É preciso traçar objetivos e planos de ação, mensurar e acompanhar os resultados. Se tudo isso for feito de forma coordenada, os bons esultados financeiros serão consequência.

Dicas para obter sucesso nas redes sociais

Algumas dicas são muito úteis para as empresas que querem obter sucesso e bons retornos nas redes sociais. Veja:

1 – Trace objetivos

Defina em quais redes você quer atuar e trace um objetivo para cada uma delas. Entenda os mecanismos de cada uma e, a partir disso, planeje o que será dito, de que forma será dito.

2 – Crie conteúdo relevante

Antes de começar, tenha um conteúdo bem produzido. Tome especial cuidado com a originalidade e o visual – nas redes sociais, a apresentação tem um peso muito grande. Mantenha uma boa frequência.

3 – Monitore

Acompanhe as reações do público e interaja. Esteja pronto para resolver as dúvidas e responder com rapidez.

4 – Mensure resultados

Pense primeiro nos resultados de engajamento e interação e, com o tempo, pense nos resultados financieros. Quantas pessoas fizeram contato para comprar a partir das redes sociais? Quantos elogiaram? Quantos criticaram? Faça uma lista de perguntas e trabalhe para que sua estratégia nas redes a ajude respondê-las.

Está pronto para migrar sua empresa para as redes sociais? Conte para a gente nos comentários!

Ou solicite um diagnóstico gratuito para sua empresa aqui!

 diagnostico de marketing