Entenda sobre a importância do e-mail marketing na sua estratégia digital

Você já pensou no potencial do e-mail marketing para sua estratégia de campanha? Dados da pesquisa Email Marketing Trends 2018 revelam que mais de 76% dos negócios brasileiros adotam essa estratégia para se relacionar com os clientes e gerar conversão.  Saiba que para os dois objetivos, traçar um plano estratégico é essencial. 

Afinal, o e-mail é um canal de comunicação direto com o lead, mas é preciso tomar alguns cuidados para a entrega ser imediata e de qualidade, pois ninguém gosta de receber spam, não é mesmo?

Se você quer saber mais sobre a importância do e-mail marketing, leia esse artigo e saiba mais sobre algumas dicas que vão te ajudar nessa missão.

E-mail marketing: o que é e como usar?

O e-mail marketing é uma ferramenta indispensável para quem deseja nutrir o relacionamento com um número alto de clientes e busca um complemento para as campanhas digitais.

Além de técnicas de conteúdo e uma linguagem adequada aos objetivos da campanha, é necessário ter alguma ferramenta de automação para criar as mensagens, segmentar o público, enviar os e-mails e mensurar resultados.

Não importa se você tem uma loja especializada em artigos, como um quadro elétrico trifásico, e outros acessórios que são usados nas instalações elétricas, como disjuntores, ou empreende na área de construção civil, o e-mail certo é aquele que se adequa ao perfil da sua empresa.

A boa e velha tática de fazer um planejamento de campanha, resgatar os objetivos do e-mail e a persona com a qual a sua empresa estará conversando é fundamental para utilizar essa ferramenta do jeito certo.

Em assuntos de fácil compreensão ou temas mais técnicos como as vantagens e desafios para colocação de um piso drenante intertravado — que é um piso especial para calçadas ou áreas com asfalto, lembre-se que o conteúdo do e-mail deve agregar valor à vida de quem o recebe.

Bateu a dúvida sobre usar ou não esse meio de comunicação com seu cliente? Levantamos algumas curiosidades para você decidir que essa estratégia digital pode ajudar. Confira abaixo:

  • O e-mail deve ter uma mensagem exclusiva para seu público-alvo;
  • As mensagens devem ser personalizadas, lembre-se que e-mail é pessoal;
  • Utilize um tom de voz adequado, converse com a persona;
  • Capriche no título do e-mail, isso pode ser fatal para a abertura;
  • Agregue valor sempre, não envie mensagens indesejadas.

É sempre bom lembrar que a ferramenta de e-mail não morreu. Cerca de 95% das pessoas cadastradas em algum servidor, acessam a caixa de entrada todos os dias. Mais de 70% das pessoas já efetuaram uma compra depois de receber uma newsletter.

Isso só reforça o quanto essa ferramenta pode trazer resultados para seu negócio e complementar a estratégia digital da sua empresa.

Independente do assunto ser sobre a importância da manutenção em fogão industrial ou outro produto, é fundamental encontrar ferramentas para diagramar a mensagem, usar elementos que convidam o leitor a interagir e te ajudem a mensurar as campanhas.

Saiba entregar a mensagem exata para a pessoa certa

Você sabia que mais de 95% das pessoas podem desistir de fazer negócio ou parar de seguir uma empresa quando recebe uma mensagem indesejada? Estudos internacionais de Inbound Marketing destacam essa realidade.

Por isso, ao enviar um e-mail para alguém da sua base de contatos, tenha em mente que você precisa entregar uma mensagem exata para a pessoa certa, da mesma forma que essa pessoa depende da solução que você oferece enquanto empresa.

Para abordar as vantagens de um guia de concreto padrão prefeitura, provavelmente você terá que segmentar sua campanha. Afinal, não faz sentido falar sobre materiais de construção de vias públicas para um público que procura materiais de reforma para residência.

Os assuntos podem ser até parecidos, mas basta um erro ou uma mensagem inadequada, que o destinatário pode pensar duas vezes antes de abrir outro e-mail ou descadastrar-se da sua lista.

Mas como entregar a mensagem certa para a pessoa que quer receber? Você pode começar sua estratégia estudando muito sobre a persona da sua empresa. É natural que as empresas comecem a trabalhar com o e-mail, dando boas-vindas ao cliente.

Neste e-mail, você pode perguntar sobre os assuntos pelos quais a pessoa se interessa mais e gostaria de receber informações. Além disso, outro termômetro para selecionar as pessoas certas é descobrir a origem do cadastro delas na sua base.

Digamos que a sua empresa trabalha com a oferta de materiais ricos como e-books, tabelas e planilhas sobre a importância da manutenção preventiva de transformadores e outros dispositivos que fazem parte da instalação elétrica.

É comum convidar o público para fazer baixar o material gratuitamente em troca de algumas informações como e-mail, profissão, idade e interesses. Essas informações já podem render uma ideia de como você vai escrever para essa pessoa ou se ela cabe na estratégia do e-mail naquele momento.

Mensurar as campanhas e segmentar os e-mails de acordo com os interesses de cada fatia do seu público é fundamental para não correr o risco de afastar o relacionamento com os clientes, por conta de mensagens irrelevantes.

Conteúdos exclusivos são fundamentais

Vai falar sobre iluminação para piscina de fibra e pretende criar uma newsletter de ofertas? Desenvolva um conteúdo exclusivo.

Ninguém se cadastra para receber informações que já estão disponíveis em outros canais. 

Aliás, formular um conteúdo que agrega valor e ofertas exclusivas é uma maneira de fazer a nutrição dos clientes de forma satisfatória e as pessoas gostam de se sentir únicas, acredite.

Ofereça dicas, traga ofertas em primeira mão, utilize ferramentas para pesquisar os temas mais procurados no momento e surpreenda.

Você precisa levar a sério o lema “mensagem exata, para a pessoa certa”, pois um bom e-mail marketing funciona quando o cliente é atraído desde o primeiro momento, seja pelo assunto, pela oferta ou pela linguagem da campanha.

Encante e use técnicas de copywriting

Não importa a complexidade do tema, você precisa chamar atenção de quem vai receber o e-mail, desde o título. 

Mas como encantar e convencer o leitor desde a primeira linha ao falar sobre um assunto como banco de carga para geradores. Seja didático, mostre os objetivos do e-mail desde o início e pegue na mão do leitor.

Demonstre empatia e fale do assunto de forma natural. Caso o leitor já tenha informações técnicas, ofereça boas referências e também preze por termos que acionam a emoção e gatilhos como os Call To Action – chamadas para ação de forma estratégica.

É muito importante que a sua linguagem seja objetiva, direta e encantadora. Por isso, lembre-se dos princípios do Inbound Marketing: o foco deve ser sempre no cliente. É interessante usar a linguagem do copywriting pois essa é uma habilidade de escrever para convencer e converter seu leitor a realizar uma compra, por exemplo.

Os princípios do storytelling, são mais focados em contar histórias, mas também podem gerar ótimos resultados devido à estrutura textual. Você pode contar uma história com base na persona que mais está ligada ao seu público e mostrar o que ela conseguiu resolver de problemas ao utilizar seu produto.

Quer um exemplo? Vamos supor que uma mulher precisava com urgência escolher um lavabo granito banheiro e não sabia por onde começar. De repente, uma empresa trouxe para ela tudo o que ela precisava saber sobre esse material, as vantagens exclusivas, instalação, informações e ela conseguiu resolver a situação.

Obviamente a mensagem precisou ser mais personalizada, alinhada aos níveis de conhecimento da mulher, com recursos visuais estratégicos e um tom criativo, com informações relevantes ao mesmo tempo.

As pessoas gostam de saber que conversam com alguém e a sua marca precisa transmitir essa confiança.

Faça testes A/B

Você sabe o que é um teste A/B? É quando você cria uma campanha e tem duas alternativas de como chegar no consumidor.

Realizar esse tipo de ação pensando no e-mail marketing é fundamental, afinal, você pode testar duas formas de passar a mesma mensagem e saber na prática qual funciona melhor e dá mais retorno.

Com as ferramentas de monitoramento, também é possível ajustar a estratégia, mudar a mensagem e alcançar o retorno esperado. Realizar testes quando o assunto envolve estratégias digitais pode render uma otimização de recursos financeiros, tempo e gerar mais chances de conversão.

Agora que você sabe um pouco mais sobre o e-mail marketing e suas facetas, é sempre bom destacar que essa ferramenta é essencial não só para vender, mas para cultivar o relacionamento com seu cliente de forma única. Nutrir um bom relacionamento, seja nas vendas ou no pós-vendas, é muito importante para que sua marca seja lembrada.