A maioria das empresas que estão no meio online já consegue enxergar quão importante é o marketing digital para vendas, principalmente quando se fala em marketing de conteúdo e de estratégias voltadas para buscadores. Atualmente, é grande o número de pessoas que visitam uma página por meio de um site de busca ao invés de digitar a URL diretamente no navegador. Por isso, é muito importante para a sua empresa ter uma boa estratégia que permita ranquear melhor em sites de busca, e alcançar o seu público alvo de maneira orgânica.

Mas antes de pensar em um plano voltado para sites de busca, você provavelmente está se perguntando “o que é melhor: SEO ou links patrocinados?”. Bom, veja a seguir os prós e contras de cada um:

A diferença entre SEO e links patrocinados

Quando você quer aumentar o número de visitantes do seu site vindos do tráfego de buscadores, você tem duas opções:

Você pode pagar pelo click usando programas PPC, os chamados “links patrocinados”, oferecidos pelo Google Adwords, Yahoo Search Marketing e outros. Eles fazem com que o seus anúncios apareçam em destaque nos resultados das páginas de buscadores, em um espaço delimitado para publicidade. O valor é variável e é baseado em quão competitivas são as palavras-chaves que você escolheu para inserir no seu grupo de anúncios.

A segunda alternativa é ganhar tráfego orgânico, ou seja, baseada no seu ranqueamento natural nas páginas de resultados dos buscadores. Como você competirá com anúncios, você vai precisar de uma boa prática em SEO (Search Engine Optimization) para tentar fazer com o que o seu site fique entre os primeiros resultados, e ganhe um bom trafego.

Ou seja, a grande diferença entre o SEO e Links Patrocinados, é que o trafego vindo do SEO é de graça, e o de Link patrocinado não é. Mas qual é o melhor para o seu negócio? Bom, depende.

O que considerar antes de optar por um ou outro?

1. Links Patrocinados

Os prós

  • Tráfego Instantâneo: no PPC, seus anúncios aparecem no topo dos resultados de pesquisa quase que imediatamente após a criação de uma campanha.
  • Controle total do anúncio: você que escolhe quais palavras-chave que acionarão o seu anúncio e qual é a URL de destino da promoção.
  • Não afetam atualizações de algoritmo: os links patrocinados não são afetados quando buscadores fazem alguma atualização em seu algoritmo.
  • Anúncios direcionados: com links patrocinados, você consegue segmentar para quais usuários eles serão exibidos, o que facilita o alcance ao seu potencial cliente.

Os contras

  • Pode ficar caro: se você não configurar corretamente, você pode acabar investindo bastante e não obtendo nenhum lucro.
  • É preciso atualizar constantemente: Links patrocinados não são aquele tipo de publicidade que você configura e deixa lá rodando. Você precisa testar e aperfeiçoar constantemente.

2. SEO

Os prós

  • Exposição Natural e credibilidade: muitos usuários acreditam que resultados de busca orgânica são mais críveis que os anúncios pagos.
  • Um bom SEO te ajuda em todos os buscadores: se o seu SEO está bem feito, você verá resultados não só no conhecido Google, mas também em diferentes motores de busca, como o Yahoo, AOL e Bing.

Os contras

  • Os resultados demoram: por mais que você tenha uma boa estratégia, em SEO, você pode passar meses sem notar resultados.
  • Grande gompetição: em alguns nichos, a página de resultados é bastante competitiva. Isso quer dizer que se você quer resultado rápido, pode não ser o SEO a melhor alternativa.
  • Suscetível a atualização do algoritmo: Isso significa que meses de trabalho de SEO estão suscetíveis a mudanças todas as vezes que buscadores atualizarem seus algoritmos.

Qual escolher: orgânico ou pago?

As melhores estratégias combinam os dois. Se sua verba permite, o ideal é que você consiga conciliar SEO e PPC.
Links patrocinados trazem resultados mais rápidos, então você pode montar uma campanha focada em palavras-chaves de teste, para ver quais delas geram mais conversão. Depois disso, basta tentar conseguir com o SEO, um bom raqueamento para essas palavras chave. Portanto, só opte unicamente pelo SEO sempre que tiver um valor limitado para investir em marketing.

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue acompanhando nosso blog ou entre em contato com um dos nossos especialistas!

[epico_capture_sc id=”1976″]